Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2016

Especulações vocabulares (2ª série) (6)

(Significado corrente, mas também exploratório das palavras)

 

FFFF

 

Ferida

 

Lesão na pele provocada por um golpe, choque ou queimadura.

Pode não passar de um dano epidérmico sem importância, que uma pomada ou creme de farmácia resolve ao fim de dois ou três dias. Mas pode ser grave, se é profunda e infeta, exigindo então um tratamento mais intenso, até com a administração de algum antibiótico. «Ferida da interação humana», como muitos sociólogos lhe chamam e o consideram; espécie de gangrena que destrói as relações entre as pessoas, é o rancor — essa incapacidade de alguém perdoar aos outros uma falta, um deslize, um lapso, mesmo o mais insignificante, se fica com isso preterido ou beliscado na sua vaidade.

 

Filme

 

Tira estreita de material sensível à luz, na qual se registam imagens. O mesmo que película

Desde os Irmãos Lumière que essa tira permitiu o aparecimento e a expansão da chamada Sétima Arte, ou seja, do Cinema, que possibilitou a projeção de enredos e documentários sobre ecrãs brancos, vistos numa sala às escuras. Obras-primas da literatura universal, como Guerra e Paz, de Leão Tolstoi, O Adeus às Armas, de Ernest Hemingway, Nossa Senhora de Paris, de Vítor Hugo, foram como que reescritas por esse método, podendo assim ser conhecidas até pelo público menos letrado. Nomes de atores como Marilyn Monroe, John Wayne, Ingrid Bergman ou James Dean, de um momento para o outro, tornaram-se ídolos em todo o mundo.

 

 

Fuga

 

Abandono de um lugar, quase sempre precipitado, para escapar de algo ou de alguém.

Procedimento muito comum de quem tem medo ou é incapaz de assumir as suas responsabilidades pelos atos praticados. O que se tornou habitual nos tempos atuais, onde a regra é o «salve-se quem puder!». Há os que fogem sem vergonha nem pudor, não se importando nada com a impressão que causam nos outros. O que eles querem é ver-se longe daquilo que os ameaça e lhes faz pavor. Há também aqueles que fazem isso dando-se ares de pessoa corajosa, que é como que obrigada a desaparecer por motivos dignos. Sim, sim… «Dignos uma ova!...», diria a propósito uma língua zombeteira. E diria bem.

 

Futuro

 

O que irá acontecer ou existir mais tarde.

Muita gente vive a pensar nesse porvir, no que será ou fará algum dia, sabe lá quando... Imagina vir a ser e a poder realizar coisas que nunca foi nem levou a cabo anteriormente. Traz sempre na cabeça a ideia (ou melhor, a certeza) de que o seu amanhã há de chegar, apesar das dificuldades que enfrenta em cada dia. Adormece e acorda com essa esperança, que muitas vezes, obstinada e incompreensivelmente, mantém até morrer. Corre o risco de ser o gáudio da troça dos outros. Mas isso não o incomoda nem lhe abranda a convicção.

 

IRDEA

 

publicado por olhoatento às 07:48
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Mudança de local

. Morte do Autor

. JESUS RESSUSCITOU!!!

. Sobre alguns dias do dia ...

. O planeta que habitamos (...

. Sobre alguns dias do dia ...

. Em versos me revelo (74)

. Sobre alguns dias do dia ...

. Apresentação de «Como Jog...

. Da Angola que permanece n...

. Reeditando (73)

. Sobre alguns dias do dia ...

. Melhor a imagem do que a ...

. O planeta que habitamos (...

. Convite para lançamento d...

. Sobre alguns dias do dia ...

. Em versos me revelo (73)

. Sobre alguns dias do dia ...

. Da Angola que permanece n...

. Sobre alguns dias do dia ...

. Reeditando (72)

. Melhor a imagem do que a ...

. Sobre alguns dias do dia ...

. O planeta que habitamos (...

. Sobre alguns dias do dia ...

. Em versos me revelo (72)

. Da Angola que permanece n...

. Reeditando (71)

. Melhor a imagem do que a ...

. Especulações vocabulares ...

.entradas no blog

Free track counters
Lovely Counter

.posts visitados

Free track counters
Lovely Counter

.meteorologia

.favorito

. Especulações vocabulares ...

. Melhor a imagem do que a ...

. Da Angola que permanece n...

. No momento da morte de Ne...

. Reeditando (6)

. A preto e branco (5)

. Em versos me revelo (5)

.tags

. evocação

. ficção

. poesia

. recordações de angola

. temas em análise

. todas as tags

.arquivos